SHOW SIDEBAR
Projeto Codeby: Conheça o novo site da Tamashii

A Tamashii é uma marca do segmento de colecionáveis, composta por diversas estatuas, figure actions e afins derivadas de franquias famosas da cultura pop japonesa. A marca foi idealizada em 2008 e hoje é responsável pela importação e distribuição das linhas de produtos da Bandai.

Seu site representa oficialmente a Bandai no Brasil, com linhas de produtos exclusivos além de bases e acessórios produzidos pela própria Tamashii.

Cenário

Após notarem a necessidade de migrar sua plataforma de e-commerce, a Tamashii procurou a nossa assistência para desenvolver seu novo site utilizando a plataforma VTEX, com o desafio de entregar a loja online em pouquíssimo tempo, mas sem prejudicar a experiência do usuário.

O projeto

O objetivo do projeto foi desenvolver uma loja online em 15 dias, e para isso utilizamos nossa solução para lojas VTEX, que nos permite desenvolver um site complete, utilizando as melhores práticas do e-commerce e garantindo boas taxas de conversão, performance e experiência do usuário.

O desenvolvimento

O novo site da marca foi desenvolvido utilizando o E-commerce Framework, uma ferramenta com base de implementação low-code, que nos permitiu montar a estrutura do site e transformar componentes customizáveis, simplificando assim o desenvolvimento da loja online e diminuindo o tempo hábil para agilizar o go-live da loja.

Utilizando esta solução, conseguimos fazer uma implementação mais simples e rápida, e posteriormente continuar evoluindo e garantindo que esteja livre de bugs e erros, e realizando updates para melhorar ainda mais a experiência de compra com melhores práticas e tecnologias.

Neste projeto, utilizamos a tecnica de lazyload para melhorar a performance do site, adicionamos a técnica nos banners da home, prateleiras e página do produto. Pensando na experiência mobile, todos os banners utilizados no site são responsivos, assim como as fotos do produto por device, poupando dados quando o cliente realizar o acesso ao site.

Utilizamos também, alguma das nossas funcionalidades para melhorar a experiência do cliente em relação com o site anterior. Foram usados:

Gridview 3 ou 4 produtos por visão: Para que o cliente possa escolher como deseja Visualizar a prateleira de produtos.

Smart minicart: Um plugin escrito em VUEJS que possibilita tornar o processo de compra mais interativo. O cliente é informado sobre o cálculo do frete, cupons de descontos ou status de estoque apenas consultando o seu carrinho.

Smart research: Otimizamos a busca do site com este plugin, para o usuário ter acesso a resultados mais completos sobre determinada categoria, tamanho ou produto sem a necessidade de recarregar a página para mostrar o resultado.

Por fim, realizamos a customização do checkout nativo VTEX, para que o cliente tenha a mesma experiência visual durante todo o processo de compra.

Resultado

O resultado deste projeto, é um site simples focado em performance e mobile, com uma ótima experiência para o usuário.

Após a migração para a plataforma VTEX, o site da Tamashii teve um aumento significativo nos acessos orgânicos que cresceram cerca de 5x mais. Isso porque houve melhora em seu SEO que pontou 83 em análises feitas do site.

O resultado você pode conferir em https://www.tamashii.com.br/

 

Vale a leitura

Projeto Codeby: Conheça o novo site da Cozinha Retrô
Projeto Codeby: Conheça o novo site da Cozinha Retrô
Quem se tornou adulto e ainda não desejou tudo o que se pode ter em uma cozinha, saiba que está fazendo isso errado. ...
Saiba mais
Projeto Codeby: Eskala inicia seu primeiro e-commerce
Projeto Codeby: Eskala inicia seu primeiro e-commerce
Tendo a primeira loja inaugurada em 1974, a Eskala vem desenvolvendo sua história no mercado de moda, oferecendo esti...
Saiba mais
Projeto Codeby: Conheça o novo site da Intimissimi
Projeto Codeby: Conheça o novo site da Intimissimi
Com mais de 1518 lojas físicas operando em 45 países do mundo, a Intimissimi conquistou o mercado de roupas íntimas, ...
Saiba mais

Leave A Comment

Please note, comments must be approved before they are published