Identificando erros: seu e-commerce comete esses 4 tropeços?

Evitar os típicos erros no e-commerce pode salvar o faturamento e a reputação da sua loja virtual. Afinal, para ter sucesso no comércio online, não basta apenas implantar um sistema de carrinho de compras, incluir produtos em um banco de dados e esperar pelos clientes.

Pequenos erros em uma loja virtual podem causar grandes prejuízos. Para evitá-los é preciso investir em um marketing eficiente, mas sem esquecer de cuidar da funcionalidade do site.

Neste artigo, vamos comentar os principais erros cometidos pelas lojas online. Continue a leitura e elimine esses tropeços do seu negócio!

1. Adotar uma plataforma pouco eficiente

A plataforma da sua loja virtual precisa ter a cara do seu negócio. Pense não apenas na parte visual, mas também no cadastro dos produtos, ferramenta de busca dentro do site, gestão de estoque e opções de pagamento e frete.

Em nome da estabilidade e da segurança, muitas plataformas são poucos flexíveis, o que não se justifica mais com a tecnologia disponível atualmente.

Por isso, considere a plataforma que melhor atenda a todos os aspectos, com uma boa customização adequada às demandas da sua loja virtual.

2. Contar com um servidor limitado

Na internet tudo é muito rápido. Então, mais do que nunca, time is money: sites lentos e indisponíveis são sinônimo certo de perder dinheiro.

A Black Friday — quando o volume de acessos é até 10 vezes maior — sempre rende exemplos do que não fazer. De acordo com uma pesquisa do Google Brasil, o prejuízo de apenas uma hora offline nesse dia pode chegar a 300 mil acessos, o que significa perder R$ 1,5 milhão em faturamento.

Vale fazer um teste de estresse para não cair nesse tipo de falha. Nele, um software simula uma grande quantidade de acessos simultâneos, avaliando a resposta do site. Assim, você consegue mensurar o tráfego suportado e identificar pontos de melhoria.

3. Não ter uma estratégia de SEO

Engana-se quem pensa que estratégias de SEO servem apenas para os blogs, ou ainda que as estratégias são as mesmas para blogs e lojas virtuais.

É preciso atenção especial às keywords (palavras-chave) para melhorar o posicionamento nos mecanismos de busca. Descubra quais palavras são as mais buscadas pelo seu público e use-as, de forma coerente, nas descrições e categorias dos produtos.

Outro erro comum no e-commerce é restringir os comentários. Não tenha medo de avaliações negativas: encare as opiniões dos clientes como uma espécie de conteúdo exclusivo, que só ajuda no ranqueamento do site. Além disso, produtos só com comentários positivos acabam gerando desconfiança.

4. Não ter uma estratégia de conteúdo

Por falar em conteúdo, as estratégias nessa área também são muito bem-vindas nas lojas virtuais. Afinal, para vender mais na internet, é preciso gerar tráfego.

E o marketing de conteúdo vem justamente para isso: ao gerar conhecimento relevante, o seu negócio pode ser visto como um especialista no mercado em que atua. Consequentemente, ganha em reputação e aparece no topo das pesquisas.

Os consumidores não querem apenas preços baixos. Para fidelizá-los, é preciso gerar valor para a sua marca, então aposte em informações relevantes para fazer do seu e-commerce uma referência. Vale investir em materiais no próprio site, em blogs e perfis nas redes sociais.

Esperamos que o nosso artigo ajude você a evitar esses erros no e-commerce da sua empresa. Se você quer mais informações sobre o assunto, assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades em gestão de e-commerce!

O post Identificando erros: seu e-commerce comete esses 4 tropeços? apareceu primeiro em Blog Codeby.

Leave a comment

Please note, comments must be approved before they are published