5 ferramentas que ajudam a mapear o comportamento do usuário online

Com a  evolução do marketing digital e, juntamente a ele, a evolução de diversas ferramentas online, nunca foi tão fácil mapear o comportamento do usuário de sites e e-commerces. Investigar o comportamento dos clientes dentro do site é fundamental para apontar erros e acertos e estar em constantes modificações no que diz respeito à estrutura, além de melhorar as métricas em geral.

Mas você sabe quais são as ferramentas que ajudam a mapear o comportamento do usuário online? Se você quer saber mais sobre esses recursos, leia este post até o final. Nele vamos apresentar cinco ferramentas que vão te ajudar a entender melhor o seu cliente. Confira:

1. Google Analytics

Uma das principais ferramentas para mapear o comportamento do usuário online é o Google Analytics. Ele oferece diversas funcionalidades que te permitem entender todo o caminho da navegação do cliente e ainda, por ser flexível, identifica quais meios levaram esse usuário até sua página, indicando o seu fluxo de comportamento.  Algumas dessas funcionalidades são gratuitas e outras, mais avançadas, são pagas. Confira a lista abaixo:

Análise de página

A análise feita pela ferramenta se assemelha a outra que vamos ver no próximo item: o heatmap. A funcionalidade de análise de página mostra com precisão o local onde o seu site recebe mais cliques, onde as pessoas demoram mais e ainda os lugares que não recebem tanta atenção. Isso é importante para melhorar o posicionamento dos anúncios e landing pages em áreas próximas às regiões mais clicadas.

Barra de rolagem

Essa barra mostra quantos cliques a página recebe à medida que o usuário vai descendo a barra de rolagem do site. Dessa forma, se houver uma queda muito acentuada em determinado ponto, indica que muitas pessoas saem do site nessa posição. Saber esse dado é importante, uma vez que é possível posicionar elementos estratégicos como links e anúncios acima desse lugar e assim, obter a resposta esperada.

Bounce rate

Esta é a métrica que indica a taxa de rejeição do seu site. A partir do bounce rate é possível saber a proporção dos usuários que visitam o site mas que, por saírem rápido, não navegam pelas demais páginas. Para reduzir essa taxa é importante criar uma página que seja mais interessante e que, com isso, prenda a atenção do leitor por mais tempo.

2. Heatmap

O Heatmap, ou mapa de calor em língua portuguesa, é uma ferramenta que fornece um panorama da navegação em forma de um mapa. Nele, os lugares mais quentes, indicados pela cor vermelha, representam os pontos do site em que há mais cliques e, os pontos mais frios representados pelas cores verde e azul são áreas que recebem menos visualizações e que, por isso, precisam se tornar mais atrativas.

Essa ferramenta é importante, pois se você tiver problemas com seu site em relação a navegação ou mesmo não tendo uma taxa tão interessante de conversão, o mapa vai te indicar exatamente onde devem ser feitas as modificações. Vale lembrar que os heatmaps só valem para sites que já possuam um tráfego e cliques contínuos e podem ser encontrados em plataformas próprias ou dentro de outras ferramentas.

3. Clarabridge

O Clarabridge oferece soluções para as estratégias dos clientes por meio de coleta de dados. Essa ferramenta possui um sistema de pesquisa que investiga informações de várias fontes, incluindo textos e imagens que oferecem uma noção do sentimento do público, promovendo o surgimento de insights.

A ideia principal é promover o negócio como um todo e a sua abordagem se concentra em organizar as informações para apontar causas que levam os clientes a realizarem um único clique no site e a rápida permanência. É importante lembrar que o Clarabridge oferece os serviços tanto via plataforma online quanto software e está disponível apenas em versão com língua inglesa.

4. Crazy Egg

Esta é uma ferramenta que é paga e seu preço varia de acordo com o pacote contratado. O Crazy Egg oferece funcionalidades semelhantes ao Google Analytics e dentre seus pontos principais estão também os heatmaps. A seguir, veja algumas das funcionalidades dessa ferramenta que podem melhorar muito o seu site.

Confetti

Esse é um recurso utilizado para identificar e diferenciar o comportamento dos usuários a partir da origem da visitação. Isso significa que ele consegue apontar exatamente se os leitores encontraram o site por meio do Google, Facebook, além de ser capaz de mostrar as especificidades de cada um desses visitantes, como quanto tempo permanecem no site ou onde clicam.

Overlay

O overlay fornece um relatório completo do número de cliques em cada um dos elementos do seu site. A vantagem desse recurso é informar exatamente quais links de direcionamento são mais eficientes para obter resultados.

Scrollmap

Essa funcionalidade, semelhante ao heatmap, fornece uma representação visual da quantidade de tempo que os usuários passam acessando cada seção da sua página. O Scrollmap utiliza uma escala de cores em que as cores mais claras representam as áreas nas quais o acesso foi mais demorado enquanto as cores mais escuras estão relacionadas aos lugares em que o usuário permaneceu em menor quantidade de tempo

5. Thunderhead

Essa ferramenta é um software em nuvem que foi desenvolvida para medir o engajamento do cliente em três níveis: ouvir, envolver e aprender.  A primeira delas está relacionada a escutar as interações dos usuários com as estratégias de marketing. Já o nível de se envolver diz respeito a recomendações feitas em tempo real com base nas necessidades dos clientes identificadas na fase anterior, do ouvir. Por fim, na etapa aprender, a plataforma afina a abordagem para uma melhor compreensão dos clientes.

Com as ferramentas apresentadas, é possível perceber que existem diversas estratégias para mapear o comportamento do usuário e, com isso, melhorar os resultados obtidos, evitando possíveis erros e melhorando o relacionamento com o cliente.

Essas dicas valem para qualquer página sejam em sites de conteúdo, sejam em e-commerce. Por isso, vale a pena pesquisar bem a respeito dessas ferramentas que são aliadas ao marketing digital e tornam o seu trabalho mais automatizado, de acordo com o planejamento da empresa.

E aí, gostou do texto de hoje? Você já usa ou tem curiosidade de usar algumas das ferramentas apresentadas para mapear o comportamento do usuário? Conte para gente nos comentários!

O post 5 ferramentas que ajudam a mapear o comportamento do usuário online apareceu primeiro em Blog Codeby.

Leave a comment

Please note, comments must be approved before they are published